- Nunca desista de viver!


Aqui, um recado, escrito com todo meu coração na ponta dos dedos, para uma pessoa muito especial, que talvez um dia tenha condições de ficar sabendo o que quis dizer aqui...


Porém pode servir para quem, como ela, está desistindo de viver, apenas vendo a vida passar!


É uma súplica, um pedido, um recado!


000o000o000o000o000




A vida vai andando...passando...dia a dia...


Cada um que passa, cada minuto, não podemos mais recuperar. Já é passado.


Não podemos parar o tempo e muito menos parar de viver.


À medida que a idade vai chegando, não podemos nos enclausurar em nós mesmos.


Temos que ir em frente.


Olhar o mundo todo acontecendo.


São crianças que nascem, alegria que chega.


Pessoas que partem, tristeza que fica.


Problemas que chegam serão, de um ou outro modo resolvidos...


Pegue apenas aqueles que são teus.


Os outros não te cabem!


Ajude apenas o que puder ser ajudado.


Há pessoas que não querem e nem se deixam ajudar.Não sofre então por eles nem por ninguém!


A vida é tua e está te chamando.


Te pede pra brincar, tu diz não,


Te pede pra passear, outro não,


Te pede pra escutar, tens apenas tua opinião,


Te pede pra viver enfim...


Tens direito a viver bem , és responsável por isso,caminhando pela vida, não podemos vacilar.


Ela passa, passa mesmo e não dá pra retomar.


O que passou, passou o que foi, não voltará.


Precisamos portanto, saber viver , ter garra, agitar nossos esqueletos, brincar, rir, explodir, xingar, reclamar, achar um saco, fazer cara feia, depois sorrir, brincar, relaxar e deixar acontecer.


Assim, a vida anda, a carruagem que nos leva, ora anda devagar, ora mais rápido, mas que anda, anda sempre!


Ninguém tem o direito de achar que na vida nada tem mais de bonito, de não achar graça em nada.


Ninguém tem o direito de colocar sua vida nas costas dos outros, muito menos de viver pelo outro.


Cada um é único.Somos todos partes do mesmo UM, do Todo.Mas somos separados e por isso, se um cai, posso ajudar a levantá-lo, mas nunca ficar caída junto.


Se assim fizermos, a cada um que cai, dois saem da vida.


Ao contrário, temos que subir com os outros. Deixar que nos ajudem a subir.


Essa ajuda não chega de médico, remédios...ela pode estar primeiro em ti.


Ganhar anos é sabedoria! Aproveite então!


O lindo sol brilha lá fora e nem a janela abres pra ver!


Tudo escuro, tudo triste, tudo frio, falta calor, falta muito mais...


Falta a chave que te ligue!Liga, por favor!


Só tu pode fazê-lo enquanto há ainda tempo de viver!


Tem que vir de dentro de ti, acende essa luz que ainda está aí! Sei que ainda tem!Não vive problemas de netos, bisnetos...Cada um tem pai e mãe...


Quem partiu da tua vida, partiu, ele partiu e tu estás aqui! Viva!


Deve ter um motivo para isso, não achas?


Procura esse motivo, essa luzinha!


Deixa o Sol entrar e iluminar a tua vida e assim, receberemos todos, com alegria a irradiação dessa luz!


Por favor, não vegetes,viva!


Viva bem essa tua vida e assim a nossa também será melhor!(Chica)
Marcadores: escrevendo...

Um comentário:

  1. Mais que uma mensagem, um apelo à vida! Sabemos o quanto podem ser difíceis alguns momentos, mas atirar-se à solidão, à tristeza e ao desânimo não vão diminuir as dores ou mudar o que passou. O que pode ser mudado está à frente. Lembrei de uma música do Renato Russo, quando ele já sabia do mal que o acometia. Ele falava que a dignidade é a força da vida, e mesmo diante de todos as tristezas, fragilidades e doenças, essa força está dentro de nós e precisamos deixar que se manifeste. Me comove a última frase: "Veja agora quanta vida há ainda". Uma lição fantástica! Não lamentar o que passou, mas agradecer e tentar viver da melhor maneira o que está à frente, para o nosso próprio bem e das pessoas que nos cercam. Muito verdadeiro e necessário esse texto, Chica. Um beijo!

    ResponderExcluir

*♥* Que bom te ver aqui!beijos,chica *♥*

Carinho do Gordo, há anos e anos nos acompnhando!


Seguidores