- Um niver, uma saudade e a mudez...




Hoje é mais um dia especial na família...

É o niver de 38 anos do nosso Gordo.

Por isso, esse texto é a ele dedicado, junto com nossos desejos de tudo de bom em todos os dias, cheios de muito amor, Paz muita saúde e alegrias...


000o000o000o000o000
Saudades. f.: lembrança triste e suave de pessoas ou coisas distantes ou extintas, acompanhada do desejo de as tornar a ver ou a possuir; pesar pela ausência de alguém que nos é querido; nostalgia.


000o000o000o000o000
Sempre, em nossas vidas, sentimos saudades de algo ou alguém...


Aqui em casa, tivemos um longo período de mais ou menos doze anos, em que nosso filho Gordo, morou no exterior.


Em todo esse tempo, muitas saudades, primeiro dele e depois, já de sua família também.


Essa saudade era declarada!


Nos falávamos sempre, por telefone e a cada vez ela era colocada na pauta.

Após um tempo ele , para nossa alegria, resolveu trazer sua família e voltar definitivamente para que todos convivêssemos juntos.


Foram meses lindos, de escolha do imóvel que ele compraria e após a organização da casa para a chegada.


Estávamos todos felizes e animados.


A espera custou a passar mas chegou!


Estávamos todo juntos novamente após tantos anos. Nenhum filho longe, já que até a Neca, retornara do Rio para cá.


Isso durou dois anos e, de repente, após um assalto, Gordo nos deu a notícia que novamente iria embora. Não mais se adaptaram ao nosso Brasil e seus problemas de falta de segurança.


Em questão de um mês, tudo foi revirado novamente.


Foram embora,venderam o apartamento, nada sobrou de sinal deles por aqui, externamente...


Naquele dia, no aeroporto disse uma coisa para mim mesma e a estou conseguindo cumprir até o dia de hoje:


Falei que nunca mais da minha boca, sairia para o Gordo, a palavra saudade.

Senti que a vinda dele talvez tivesse sido acertada pelas saudades sempre muito ditas e faladas.


Agora elas estão mudas...Mas nem por isso, inexistentes...


Mas então, não será minha culpa se um dia, eles novamente resolverem retornar.


Alguém já sentiu uma saudade assim, muda, quieta e presa dentro do coração?

Imaginam o que ela representa?


É o nosso amor e o desejo de não atrapalhar suas vidas, saber nosso lugar, ficar como expectadores deles tomando o leme de suas vidas.


Dói, dói sim! Mas é preciso!


É saber olhar, de longe, e apenas esperar que o caminho escolhido seja realmente o melhor para suas vidas.


Esperar e esperar!
É a única coisa que nos compete fazer!(Chica)

4 comentários:

  1. heloisa10.11.08

    Repassando do email:
    Mesmo o Gordo estando distante, desejo parabens, um mundo de felicidades, amor, paz, e para esta mamae guerreira, meu grande e afetuoso abraço, concordo plenamente contigo, nada mais triste , mais dolorido que SAUDADE, mas a vida e assim mesmo, nao criamos nossos filhos para ficarem perto(infelizmente), o mais importante e o grande amor que nos unira a eles eternamente. Beijos, bom dia, PARABENS. Heloisa.

    ResponderExcluir
  2. Sabe, Chica... Quando a gente diz às pessoas que sente saudades, na verdade a gente está dizendo é: "eu amo você, quero teu bem, tua felicidade, mesmo que você esteja distante de mim, mas saiba que eu sinto a tua falta"... Não deixe a saudade muda. Declarar a saudade também é uma forma de declarar o amor. Um grande beijo ao Gordo pelo aniversário, e um beijo a você pelos textos sempre tão lindos e por essa tua maneira encantadora de dizer as coisas!

    ResponderExcluir
  3. Querida Chica...

    Acho que a maneira como Você fala de suas emoções e de seu dia a dia é tão agradável e sincera que nos aproxima, e de uma maneira que faz parecer que nos conhecemos a um longo tempo... Assim meu abraço para o Gordo pelo seu aniversário, que Ele realize todos seus sonhos... Para Você gostaria de dizer...longe é um lugar que não existe... estamos sempre onde nosso coração está...a saudade é apenas uma maneira de nos colocar conscientes que amamos! Um beijo no seu Coração, Paz e Luz!

    ResponderExcluir
  4. Oi Chica eu te entendo, tenho um filho que mora longe de mim e que sinto muito saudade, só que aceito a separação por sabê-lo feliz no pais que escolheu para morar e que tão bem o acolheu. Um beijo

    ResponderExcluir

*♥* Que bom te ver aqui!beijos,chica *♥*

Carinho do Gordo, há anos e anos nos acompnhando!


Seguidores